Universidade Autónoma de Lisboa

Centro de Análise Económica da Regulação Social (CARS)


Início
Estudos em elaboração
Estatutos
Conselho Científico
Unidade de Acompanhamento
Conselho Consultivo
Publicações
Protocolos
Contactos
Apresentação do Estudo "O Custo Económico e Social dos Acidentes de Viação em Portugal"
Encontro em Oslo de investigadores e cientistas sobre os acidentes de viação
Conferência CEPE 2013

É hoje geralmente aceite e cientificamente evidenciado que só através do conhecimento  se pode evoluir para níveis mais elevados de desenvolvimento, tanto individual como de qualquer sociedade humana.

A relação da Universidade com outras instituições é uma relação biunívoca, dado que a Universidade  pode transmitir conhecimento científico mas, por seu turno, as instituições e empresas transmitem o conhecimento empírico que traduz a realidade, o que permite uma interacção sinergética impulsionadora do desenvolvimento económico e social  e científico. É dentro deste âmbito que o CARS se insere.

A inovação é, sobretudo, uma cultura necessária à transformação contínua da sociedade a fim de se ir caminhando para patamares cada vez mais elevados de bem-estar social e individual. E o conhecimento é o mais eficaz motor da inovação e, por conseguinte, da mudança pessoal e social.

Se a Universidade tem como objectivo principal a produção e transmissão de conhecimento, ela deve ser um instrumento determinante na sociedade em ligação com as instituições, públicas e privadas, para que o conhecimento seja eficazmente aplicado e assim a mudança se opere de modo eficaz e eficiente.

Na sociedade do conhecimento em que vivemos a existência de capital-saber é uma condição necessária para orientar as novas situações que emergem da vida social, dado o ritmo acelerado de mudança que caracteriza a sociedade hodierna.

Para que o binómio Universidade - instituições (empresas) seja eficaz, eficiente e conduza também à equidade como um dos valores fundamentais da sociedade humana, é necessário que a Universidade se adapte às necessidades da sociedade e essa adaptação só será possível se houver a colaboração activa com as instituições públicas e privadas da sociedade.

Essa colaboração será tanto mais fecunda através de um constante diálogo, aberto e flexível, de modo a atingirem-se os objectivos sociais ambicionados, mantendo cada uma a sua identidade própria.

Nesta perspectiva,  a Universidade investiga para criar e difundir a ciência, e o seu contacto e interacção com as instituições e empresas do tecido produtivo e regulador dá-lhe uma visão de maior adequação à realidade,  podendo fazer reajustamentos das suas linhas de investigação bem como e das matérias ministradas, a fim de contribuir mais eficazmente para a solução dos problemas sociais.

Por outro lado as empresas e outras instituições, nomeadamente as públicas, aproveitando o conhecimento científico produzido, conseguirão atingir os seus objectivos de forma mais eficaz e eficiente.

Dentro do objectivo da interacção com a sociedade, e em consonância com o espírito do processo de Bolonha, o CARS empenhar-se-á na prestação de serviços à comunidade, decorrentes da sua produção científica.

O CARS, como centro de investigação da Universidade Autónoma de Lisboa, pretende que os estudantes contactem, desde os primeiros anos, com a actividade de investigação, integrando-os no processo de criação e aplicação dos conhecimentos adquiridos, no sentido do desenvolvimento humano integral e aumentar as suas capacidades de integração no processo produtivo da sociedade.

A formação de recursos humanos será também uma das prioridades do CARS, como centro de investigação científica, nomeadamente através Mestrados, Doutoramentos e Pós-graduações.

Um dos objectivos do CARS é veicular a investigação para o desenvolvimento económico e social. 

                       

Arlindo Donário

(Presidente do CARS)

 

Today it is widely accepted and scientifically proven that only by the virtue of knowledge and information it is possible to evolve to higher levels of development both individually and collectively.

The relationship between the University and other institutions is two-sided given that the entity capable of conveying scientific knowledge is the University, whereas on the other hand, institutions and companies are those who provide the empirical knowledge and practical applications that portray the real world, allowing for a synergetic interaction that drives economic, social and scientific development. The CARS center is included within this context.

Innovation – in a large measure - is an indispensable mentality of the ongoing transformation of society in an attempt to step towards ever higher levels of social and individual welfare. Furthermore, knowledge is the most effective engine of innovation and, as a result, of personal and social change.  

If the University's main goal is to produce and transmit knowledge, it should be a decisive tool of society that works in tandem with public and private institutions, so that knowledge is effectively applied and therefore change can occur in an effective and efficient manner.

In the information society of today - given the rapid pace of change that characterizes today's society - the existence of knowledge-capital is a prerequisite in guiding us through new challenges that emerge from social life.

In order to regard the binomial relationship [University - Institutions (companies)] as effective, efficient and leading towards equity – one of the fundamental values of society - it is necessary that the University fit the needs of society, an adaptation only feasible if there is active collaboration with society’s public and private institutions.

This collaboration shall be even more prolific through constant - open and flexible - dialogue so as to achieve the intended social objectives while each of the two sides maintains their own identity.

In this perspective, the University conducts research in order to create and disseminate science. Its interaction with institutions and enterprises of the productive and regulatory sector provides it with a vision of greater adaptation to the real world allowing it the possibility of making adjustments to its lines of research and lectured subjects with the intent of contributing more effectively towards the solution of society’s problems.

On the other hand, companies and other institutions (particularly those of public nature) take advantage and gain from scientific knowledge in order to achieve their goals in more effective and efficient way.

Within the objective of social interaction and in keeping with the Bologna process, the CARS center is committed towards rendering services to the community which stem from its scientific findings.

As a research center at the Universidade Autónoma de Lisboa, the CARS center is dedicated towards providing students with the ability to research at an early stage in their academic life, integrating them in the process of creating and applying the knowledge they have acquired, in the sense of full human development, increasing their ability to integrate the productive process of society.

As a center of scientific research, CARS shall have as one of its top priorities the training of its lecturers and researchers through Masters, PhD and Postgraduate courses.

One of the CARS´objectives is turning RESEARCH into economic and social DEVELOPMENT. 
 

Arlindo Donário

(President of CARS)

Vai ser apresentado, pelo CARS, no próximo dia 17 de Abril de 2012 na Sede da UAL, o estudo sobre o "CUSTO ECONÓMICO E SOCIAL DOS ACIDENTES DE VIAÇÃO EM PORTUGAL", estudo que utiliza a metodologia da Economia Pública, Análise Económica do Direito, Estatística e Econometria. Este estudo foi solicitado pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), em Agosto de 2010 fez ao CARS, através da CEU, o seguinte

CONVITE

"A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), com sede na Av. do Casal de Cabanas, Urbanização Cabanas Golf nº1, Torre 1, 2743-507 Barcarena, pessoa colectiva 600.082.563, convida V. Exa, a apresentar proposta no âmbito do ajuste directo adoptado para a celebração de Aquisição de Serviços de Estudo do Custo Económico e Social dos Acidentes de Viação em Portugal."

O CARS, através da CEU, apresentou uma proposta, que foi aceite pela ANSR, tendo o CONTRATO sido celebrado em 27 de Outtubro de 2010.

Este estudo de investigação aplicada visa efectuar a metodologia do estudo do custo económico e social dos acidentes viários em Portugal e criar os respectivos modelos para o mesmo estudo, a fim de se poderem tomar medidas políticas que sejam eficazes, de modo a minimizar  os custos sociais dos acidentes viários, os quais consomem massivos recursos económicos e financeiros e causam danos morais elevados os quais se podem reduzir se forem implementadas as medidas adequadas, contribuindo para a maximização do bem-estar social da sociedade.

The CARS center is currently conducting a study on the "ECONOMIC AND SOCIAL COST OF ROAD TRAFFIC ACCIDENTS IN PORTUGAL", employing the methodology of Public Economics, Economic Analysis of Law, Statistics and Econometrics. This study was requested by the National Authority for Road SafetyAutoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

In August 2010 the (ANSR) invited the CARS center – on behalf of C.E.U Cooperativa de Ensino Universitário - sending the following;

 

"INVITATION

The National Road Safety Authority (ANSR), with headquarters at Avenida Casal de Cabanas, Urbanização Cabanas Golf, 1, Tower 1, 2743-507 Barcarena, registered as a legal entity under the number 600.082.563; invites you to submit a proposal under the call for tender issued for the acquisition of services pertaining to the Study of Economic and Social Cost of Traffic Accidents in Portugal."

CARS, on behalf of C.E.U, submitted a PROPOSAL which was accepted by (ANSR), having been GRANTED the study on September 1, 2010.

This applied research study aims to carry out the methodology of the economic and social cost analysis of road accidents in Portugal and to elaborate the corresponding econometric models so that the policies adopted by the authorities are effective and minimize the social costs of road accidents. These costs consume massive economic and financial resources and cause high moral hazard which can be reduced if appropriate measures are implemented, helping to maximize social welfare.

CAPÍTULO I


Da Natureza, Objectivos, Sede e Duração


Artigo 1º
(Natureza e Denominação)

1. É constituído, na UAL – Universidade Autónoma de Lisboa, o Centro de Análise Económica da Regulação Social, adiante abreviadamente denominado como “CARS” ou “o Centro”, sendo uma unidade particular de investigação.

2. O Centro é constituído como unidade orgânica da UAL e exerce a sua actividade no domínio da investigação científica e desenvolvimento tecnológico.

Artigo 2º
(Fins)

O “CARS” tem por finalidade principal promover a investigação, o estudo, o tratamento da informação e a formação científica, técnica e profissional permanente dos seus associados e de terceiros, a nível nacional e internacional, de forma multissectorial e interdisciplinar no âmbito da regulação social, nomeadamente na área da Análise Económica do Direito, do mercado de mobilidade e segurança rodoviárias, nas áreas seguradora e da justiça.

Artigo 3º
(Objectivos)

O Centro tem por objectivos:

a) A produção e difusão de projectos de I&D, privilegiando a multidisciplinaridade;

b) A articulação e promoção de sinergias entre linhas de investigação já existentes na CEU/UAL, acrescentando valor aos respectivos domínios;

c) A prestação de serviços, privilegiando igualmente a multidisciplinaridade;

d) O apoio à formação avançada de recursos humanos, nomeadamente no âmbito da evolução da carreira docente e orientação de trabalhos de pós-graduação;

e) A realização de seminários, conferências e actividades de divulgação dos resultados de investigação;
Estatutos do Centro de Análise Económica da Regulação Social “CARS”
Universidade Autónoma de Lisboa

f) A integração em redes internacionais de investigação, fomentando a participação de investigadores em projectos de I&D e conferências internacionais;

g) A promoção da publicação de artigos científicos.

 

Artigo 4º

(Sede)

O Centro tem a sede na Rua de Santa Marta, número 56, em Lisboa, freguesia de Coração de Jesus, concelho de Lisboa.

Artigo 5º
(Duração)

O CARS dura por tempo indeterminado.

Capítulo II
Dos Recursos

Artigo 6º
(Recursos Humanos)

O CARS dispõe dos meios humanos necessários para assegurar o seu funcionamento regular que lhe serão afectos pela C.E.U. – Cooperativa de Ensino Universitário, de acordo com as suas disponibilidades.

Artigo 7º
(Recursos Materiais)

1. O CARS dispõe das instalações, infra-estruturas, equipamentos e dotação orçamental para assegurar o seu funcionamento regular que lhe são afectos pela C.E.U.

2. Constituem receitas próprias do Centro:

a) As decorrentes do envolvimento dos seus membros em actividades de ensino, investigação e desenvolvimento;

b) As decorrentes da prestação de serviços e de venda de publicações;

c) Os subsídios, subvenções, comparticipações, doações, heranças e legados;

d) Quaisquer outras que legalmente possa obter.

Capítulo III
Dos Membros

Artigo 8 º
(Categorias)

1. Existem as seguintes categorias de membros do CARS:

a) Investigadores permanentes;

b) Investigadores convidados;

c) Investigadores assistentes.

2. São investigadores permanentes os investigadores doutorados (ou equivalentes) que, exercendo actividade nas áreas científicas do CARS e manifestando desejo de a ela aderirem, sejam admitidos nos termos do artigo 10º destes Estatutos.

3. São investigadores convidados os investigadores doutorados (ou equivalentes) que exerçam a sua actividade de investigação temporariamente no CARS, a convite de um investigador permanente do Centro.

4. São investigadores assistentes os investigadores não doutorados (assistentes universitários, assistentes de investigação, bolseiros, etc.) que exerçam a sua actividade de investigação do Centro sob orientação científica de um investigador permanente.

Artigo 9º
(Direitos e Deveres)

1. Os membros do CARS têm direito a:

a) Participar nas suas actividades;

b) Utilizar os seus recursos.

2. Os membros do CARS têm o dever de:

a) Contribuir para a realização dos objectivos consagrados no artigo 3º destes Estatutos;

b) Respeitar os estatutos e, em particular, acatar as decisões dos órgãos de gestão.

Artigo 10º
(Admissão e Exclusão de Membros)

1. A admissão e exclusão de membros do CARS é da competência do Conselho Científico, após proposta da Direcção.

2. A admissão e exclusão de investigador permanente deve ser aprovada pelos membros do Conselho Científico, devendo as votações serem tomadas por maioria.

3. Todas as propostas de admissão e exclusão de membros do CARS devem ser apresentadas por escrito ao Conselho Científico, através do seu Coordenador e devem ser convenientemente fundamentadas.

Capítulo IV
Da Organização

Artigo 11º
(Órgãos de gestão)

O Centro dispõe dos seguintes órgãos de gestão:

a) Direcção;

b) Conselho Científico;

c) Unidade de Acompanhamento;

d) Conselho Consultivo.

Secção I
Da Direcção

Artigo 12º
(Composição e Competências)

1. A Direcção é constituída por:

a) Presidente;

b) Vogais, no máximo de dois.

2. O Presidente é proposto pelo Conselho Científico e aprovado pela CEU/UAL.

3. A constituição da Direcção é da responsabilidade do Presidente, devendo ser ratificada pela C.E.U.

4. Compete à Direcção a gestão e administração do Centro, nomeadamente:

a) Representar o Centro;

b) Promover a consecução dos seus objectivos;

c) Coordenar as actividades do Centro;

d) Apresentar ao Conselho Científico, para aprovação, o regulamento interno do CARS;

e) Propor ao Conselho Científico o orçamento e o plano anual de actividades e zelar pela realização dos planos aprovados;

f) Apresentar ao Conselho Científico, para deliberação, a composição da Unidade de Acompanhamento;

g) Obter e gerir os fundos necessários ao funcionamento do CARS;

h) Elaborar anualmente o relatório e Contas para apreciação pelo Conselho Científico.


Secção II
Do Conselho Científico

Artigo 13º
(Composição e competências)

1. O Conselho Científico é constituído pelos investigadores permanentes e presidido pelo Coordenador Científico, que é eleito de entre os seus pares.

2. Compete ao Conselho Científico:

a) Definir a política de investigação científica e de formação avançada de recursos humanos;

b) Aprovar a candidatura dos investigadores a quaisquer programas de financiamento nacionais e internacionais;

c) Aprovar o seu regulamento interno;

d) Emitir parecer sobre o orçamento, o plano e relatório anual de actividades, os quais devem ser submetidos à aprovação da C.E.U.;

e) Emitir parecer sobre a composição da Unidade de Acompanhamento proposta pela Direcção;

f) Dar parecer sobre o estabelecimento de convénios, de acordos e de contratos de prestação de serviços com outras instituições, para aprovação pela C.E.U.;

g) Propor as alterações aos Estatutos, para aprovação pela C.E.U.;

h) Aprovar a admissão e exclusão de investigadores.

3. O Conselho Científico é convocado pelo seu Coordenador, por sua iniciativa, ou a solicitação de, pelo menos, um quarto dos seus membros.

Secção III
Da Unidade de Acompanhamento

Artigo 14º
(Composição e competências)

1. A Unidade de Acompanhamento, com um mandato de três anos, é formada por um mínimo de cinco especialistas ou individualidades exteriores ao Centro, com reconhecida competência na respectiva área, devendo incluir investigadores estrangeiros, sempre que possível.

2. Compete à unidade de Acompanhamento:

a) Analisar anualmente o funcionamento do CARS;

b) Emitir pareceres que julgar adequados, designadamente sobre o plano e relatório de actividades anuais e o orçamento do Centro.


Secção IV

ARTIGO 15º 
Conselho Consultivo

1. O Conselho Consultivo é composto por membros designados pelo Conselho Científico de entre instituições públicas e privadas e personalidades de reconhecido mérito e competência em qualquer dos campos de actividade do Centro.

2. O mandato dos membros do Conselho Consultivo é de três anos. ARTIGO 16º Competência do Conselho Consultivo

Compete ao Conselho Consultivo, sempre que solicitado pelo Conselho Científico ou pela Direcção:

a) Apresentar sugestões e recomendações quanto ao melhor cumprimento dos fins do Centro; b) Emitir pareceres sobre as actividades e projectos do Centro.


Secção V
Disposições Comuns


Artigo 17º
(Reuniões, Deliberações e Mandatos)

1. As deliberações do Conselho Científico e da Unidade de Acompanhamento só são válidas desde que esteja presente a maioria dos seus membros em efectividade de funções, respectivamente.

2. As deliberações são tomadas por maioria dos votos dos membros presentes.

3. A duração do mandato da Direcção é de três anos e só termina com a entrada em funções dos novos titulares.

(ESTATUTOS aprovados em reunião da Direcção de 14 de Janeiro de 2009)

(Acta n.º um/dois mil e nove de 14/01/09)

 

CHAPTER I

Name, Form of Organization, Purpose, Headquarters and Duration

 
 
Article 1
(Name and Form of Organization)
1. There is hereby established, at the Universidade Autónoma de Lisboa, the Center for Economic Analysis of Social Regulation, hereinafter referred to as "CARS" or "the Center", as a non-profit research center.
 
2. The Center is established as a research unit of the Universidade Autónoma de Lisboa engaged in scientific research and development.
 
 
Article 2
(Intent and Purpose)
 
1. It is the "CARS" center’s main purpose to promote the research, study and treatment of data and to support the enduring scientific, technical and professional training of its members and of others – at a national and international level – in a multisectoral and interdisciplinary manner in the scope of social regulation, particularly in the fields of the Economic Analysis of Law, the road safety market, insurance and justice.
 
 
Article 3
(Objectives)
 
1. The Center aims to:
 
a) Create and disseminate collaborative R & D projects, focusing on multidisciplinarity;
 
b) Articulate and promote synergies between the existing lines of research at the Universidade Autónoma de Lisboa, adding value and knowledge to the respective areas;
 
c) Provide services that are equally geared towards multidisciplinarity;
 
d) Support advanced training of its faculty and staff, particularly in the scope of academic career advancement and post-graduate dissertation supervision and guidance;
 
e) Hold seminars and conferences and conduct activities that publicize research findings;
 
f) Provide integration in international research networks by encouraging the participation of researchers in R & D projects and international conferences;
 
g) Promote the publication of papers and academic articles.
 
 
Article 4
(Headquarter Office)
 
1. The headquarter office of the Center shall be located at; 56 Rua de Santa Marta, freguesia de Coração de Jesus, in Lisbon, Portugal
 
 
Article 5
(Duration)
 
1. The duration of CARS shall be perpetual.
 
 
CHAPTER II
Resources
 
 
Article 6
(Human Resources)
 
1. CARS has at its disposal the necessary human resources to ensure its smooth operation that shall be allocated by C.E.U – Cooperativa de Ensino Universitário – in accordance with its availability of staff.
 
 
Article 7
(Material Resources)
1. CARS has at its disposal the facilities, infrastructure, equipment and budgetary appropriation to ensure its smooth operation, which are provided by C.E.U.
 
2. The Center’s own-source revenue consists in:
 
a) The proceeds arising from the participation of its members in teaching, research and development;
 
b) The proceeds arising from the provision of services and the sale of publications;
 
c) Subsidies, subventions, sponsorships, grants, gifts, inheritances and bequests;
 
d) Whatever other proceeds it is legally entitled to receive.
 
 
CHAPTER III
Membership
 
 
Article 8
(Categories of Members)
 
1. CARS has the following categories of members:
 
a) Permanent Researchers;
 
b) Guest Researchers;
 
c) Assistant Researchers;
 
2. Permanent researchers are holders of a PhD (or equivalent degree) - acting in one of the fields of academic research of the CARS institute – who wish to enroll as members and are granted membership under Article 10 of these articles of association.
 
3. Guest researchers are holders of a PhD (or equivalent degree) who temporarily conduct their research activities at the CARS institute at the invitation of one of the Center's permanent researchers.
 
4. Assistant researchers are those who do not hold a PhD degree (e.g. university assistants, research assistants, fellows, etc.) who conduct their research activities at the Center under the academic supervision of a permanent researcher.
 
 
Article 9
(Rights and Duties of Members)
 
1. CARS members are entitled to:
 
a) Participate in its activities;
 
b) Use its resources.
 
2. CARS members have the duty to:
 
a) Contribute towards achieving the objectives enshrined in Article 3 of these articles of association;
 
b) Respect the articles and bylaws thereto; in particular, abide by the resolutions of the Center’s governing bodies.
 
 
Article 10
(Admission and Exclusion of Members)
 
1. Once a proposal is submitted by the Board of Directors, the admission and exclusion of the members of CARS is the responsibility of the Scientific Council.
 
2. The admission and exclusion of permanent researchers must be approved by a majority vote of the members of the Scientific Council.
 
3. All proposals for admission and exclusion of CARS members must be submitted in writing to the Scientific Council through its chairperson and must be properly fundamented.
 
 
CHAPTER IV
Organization
 
 
Article 11
(Governing Bodies)
 
1. The Center shall have the following governing bodies:
 
a) Board of Directors;
 
b) Scientific Council;
 
c) Follow-up Unit;
 
d) Advisory Council.
 
 
Section I
Board of Directors
 
 
Article 12
(Board Composition and Competences)
 
1. The Board of Directors shall be formed by:
 
a) President;
 
b) Up to two board members.
 
2. The President is nominated by the Scientific Council and is appointed by C.E.U.
 
3. The formation of the Board of Directors is the responsibility of the President which must be ratified by C.E.U.
 
4. The Board of Directors is responsible for the management and administration of the Center, namely:
 
a) Represent the Center vis-à-vis third parties;
 
b) Promote the fulfillment of its objectives;
 
c) Coordinate the activities of the Center;
 
d) Submit the bylaws of CARS to the Scientific Council for approval;
 
e) Propose a budget and annual business plan to the Scientific Council and ensure the implementation of approved plans;
 
f) Submit the composition of the Follow-up Unit to the Scientific Council for discussion;
 
g) Obtain and manage the necessary funding needed to operate CARS;
 
h) Prepare the annual financial report and accounts for consideration of the Scientific Council.
 
 
Section II
Scientific Council
 
 
Article 13
(Composition and Competences)
 
1. The Scientific Council is composed of permanent researchers and is chaired by the Scientific Coordinator, who is elected from among his peers.
 
2. The Scientific Council has the power to:
 
a) Decide on the policy of academic research and advanced training of its staff and faculty;
 
b) Approve and review the candidature of its researchers to all national and international funding programs;
 
c) Approve the Center’s bylaws;
 
d) Draft its opinion on the budget, annual business plan and yearly activity report which must be submitted to C.E.U for approval;
 
e) Draft its opinion on the composition of the Follow-up Unit proposed by the Board of Directors;
 
f) Draft its opinion on the establishment of business covenants, agreements and service rendering contracts with other institutions, which must be submitted to C.E.U for approval;
 
g) Propose amendments to bylaws, which must be submitted to C.E.U for approval;
 
h) Approve and review the admission and exclusion of researchers.
 
3. The Scientific Council meeting shall be convened by its Chair, on his own initiative or at the request of at least a quarter of its members.
 
 
Section III
Follow-up Unit
 
 
Article 14
Composition and Competences
 
1. The Follow-up Unit consists of a minimum of five specialists or extraneous persons to the Center with recognized expertise in their area and should include foreign researchers whenever possible.
 
2. The term of office of a member of the Follow-up Unit is three (3) years.
 
3. It is the competence of the Follow-up Unit to:
 
a) Annually review the functioning of CARS;
 
b) Draft the opinions it deems appropriate, including those pertaining to the Center’s budget, annual business plan and yearly activity report.
 
 
Section IV
 
 
Article 15
(Advisory Council)
 
1. The Advisory Council consists of members appointed by the Scientific Council among public and private institutions and personalities of recognizable merit, moral integrity and competence in one of the Center’s areas of activity.
 
2. The term of office of a member of the Advisory Council is three (3) years.
 
 
Article 16
(Competences of the Advisory Council)
 
1. When so requested by the Scientific Council or the Board of Directors, the Advisory Council shall:
 
a) Make suggestions and recommendations for the better fulfillment of the Center’s objectives;
 
b) Draft its opinions regarding the activities and projects of the Center.
 
 
Section V
Common Provisions
 
 
Article 17
(Meetings, Resolutions and Term of Office)
 
1. Resolutions passed by the Scientific Council and the Follow-up Unit are valid as long as it has a quorum consisting in the majority of its existing members in office, respectively.
 
2. Resolutions are passed by majority vote of the members present.
 
3. The term of the Board of Directors is three (3) years and shall terminate upon the swearing in of the newly elected members.

 

MEMBROS DO CONSELHO CIENTÍFICO DO CARS  /  MEMBERS OF THE SCIENTIFIC COUNCIL

 


Doutor AMILCAR S. GONÇALVES - UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA;

Doutor ANTÓNIO MARQUES BESSA - UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA;

Doutor ARLINDO ALEGRE DONÁRIO - UNIVERSIDADE AUTÓNOMA DE LISBOA;

Doutor ARMINDO SARAIVA MATIAS - UNIVERSIDADE AUTÓNOMA DE LISBOA;

Doutor JOÃO EVANGELISTA DE JESUS HIPÓLITO - UNIVERSIDADE AUTÓNOMA DE LISBOA;

Doutor JORGE BACELAR GOUVEIA - UNIVERSIDADE AUTÓNOMA DE LISBOA;

Doutora MARIA ELISA DO AMARAL CUNHA - UNIVERSIDADE AUTÓNOMA DE LISBOA;

Doutora STELA MARCOS DE ALMEIDA NEVES BARBAS - UNIVERSIDADE AUTÓNOMA DE LISBOA.

 

MEMBROS DA UNIDADE DE ACOMPANHAMENTO DO CARS  /  MEMBERS OF THE FOLLOW -UP UNIT

 

Doutor ANTÓNIO PEREZ RÚBIO – Universidad de Extremadura -  Espanha

Doutor FRANCISCO PEDRAJA CHAPARRO – Universidad de Extremadura - Espanha

Doutor JAVIER  SALINAS – Universidad Complutense de Madrid - Espanha

Engº PAULO MARQUES AUGUSTO – Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR)

Membros / Members of the Advisory Council:

 

Dr. Paulo Francisco Figueiredo - FIDELIDADE MUNDIAL SEGUROS;
 
Dr. Rui Alexandre Esteves - FIDELIDADE MANDIAL SEGUROS;
 
Mestre Paulo Jorge Nogueira da Costa -ISCAL.

- "Análise da Evolução da Procura do Ensino Superior Público e Privado, em Especial na Região de Lisboa"

Autores: Arlindo Alegre Donário e Nuno Ricardo Santos
Ano: 2009

Editora: EDIUAL - Universidade Autónoma Editora, S.A.
 
 
- "Probabilidade Umbral"/"Threshold Probability"


- "Economía de La Regulación y Políticas de Prevención de Los Accidentes de Tráfico. El Caso de Portugal y El Contexto Europeo"

Autor: Arlindo Donário
 
"Colección: Estudios de Hacienda Pública,  INSTITUTO DE ESTUDIOS FISCALES"

Editora: MINISTERIO DE ECONOMÍA Y HACIENDA - INSTITUTO DE ESTUDIOS FISCALES de MADRID


-  “Prólogo por Santos Pastor


Publicação Bilingue:

- "Aumento das Sanções ou das Probabilidades de Aplicação da Lei?"/ "Aumento de Las Sanciones o de Las Probabilidades de Aplicación de La Ley?"

Autor: Arlindo Donário

Novembro de 2010
Editora: EDIUAL - Universidade Autónoma de Lisboa


- "Análise Económica da Regulação Social, Causas, Consequências e Políticas dos Acidentes de Viação"
 
Autor: Arlindo Donário

Ano: 2007

Editora: EDIUAL

Reimpressão: 2010


- "Economia, Conceitos Fundamentais"

Autor: Arlindo Donário

Ano: 2010
UAL


- "Modelo Clássico"

Autor: Arlindo Donário

UAL

Ano: 2011

 

- "Modelo Simples Keynesiano"

Autor: Arlindo Donário

Ano: 2011

Editora: EIDUAL


- "Modelo IS-LM - Determinação do Rendimento, Taxa de Juros e Moeda"

Autores: Arlindo Donário e Nuno Ricardo Santos

Ano: 2010
UAL
 

- "O Monetarismo"

Autor: Arlindo Alegre Donário

UAL 2011
 

-"Natureza dos Excedente e Reservas nas Cooperativas: seu Retorno e Distribuição"

Autor: Arlindo Alegre Donário

Janeiro de 2011

Editora: UAL

CARS-Centro de Análise Económica de Regulação Social

 

 

 


- Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), homologado pelo Ministro da Administração Interna

- Fidelidade Mundial Seguros


Centro de Análise Económica da Regulação (CARS)
Rua de Santa Marta Nº 47-  2º
1050-293 Lisboa – Portugal
Tel.: 21 317 76 91/ Fax: 21 353 37 02
cars@universidade-autonoma.pt
www.ual.pt

No âmbito do CARS realizar-se-á uma conferência internacional, subordinada ao tema “Computer Ethics: Philosophical Enquiry” de 1 a 3 de Julho de 2013.
Participarão conferencistas de vários países, entre os quais:
Marty J. Wolf is a Professor of Computer Science at Bemidji State University in Bemidji, Minnesota USA;
Rocci Luppicini is an associate professor in the Department of Communication at the University of Ottawa (Canada);
Sylvester Arnab is a Senior Researcher at the Serious Games Institute, UK.;
Ugo Pagallo is Professor of Jurisprudence at the Faculty of Law, University of Turin.



Consulte Aqui

Primeira Universidade privada em Portugal

Sala de Imprensa


Subscreva a nossa newsletter
Acessibilidade na Internet
Desenvolvido por: Inédito | © 2014 Universidade Autónoma de Lisboa